TEXTOPr@tico
Redação - com objetividade, concisão e clareza
Meu Diário
06/02/2020 17h25
REDIGIR MELHOR - A9 - Pesquisas vocabulares

Ilustração: Recorte capa Dicionário Houaiss de Verbos. Vera Cristina Rodrigues. Editora Objetiva



FERRAMENTAS ELETRÔNICAS DE REDAÇÃO

GRAMÁTICA ON-LINE

SITES DE PORTUGUÊS

REDAÇÃO NA WEB

BIBLIOTECA VIRTUAL


SUMÁRIO

 

APRESENTAÇÃO

MAGIA DAS PALAVRAS

SÉRIE VOCABULÁRIO DO REDIGIRMelhor


APRESENTAÇÃO

Minha pátria é a língua portuguesa.

Fernando Pessoa

Os limites da linguagem são também os limites da ação. Sebastián Soler

É a fala que faz evoluir a língua.

Ferdinand de Saussurre

    O idioma está a serviço de seres em permanente mutação. 

 A. Kaspary


Instrutor Guima

Todos sabemos que é somente lendo, pesquisando e anotando muito é que encontramos a palavra exata, variamos as expressões, enriquecemos o vocabulário. 

E isso puxa outra coisa bastante sabida: "para ter certeza do significado de uma palavra, a solução é consultarmos o dicionário."

Pois bem, neste Módulo A9 - Pesquisas vocabulares,  objetivamos conhecer velhas palavras e descobrir palavras novas, apreendendo os seus significados, sua origem e seu uso. E assim também quanto a frases e expressões, variações de prosódia e de uso regional, grafia, etimologia, história, fatos curiosos.

Vamos lá.

Voltar


MAGIA DAS PALAVRAS

Nunca se deite com o mesmo vocabulário do dia anterior; procure enriquecer o seu mundo de palavras a cada dia, a cada momento.

Aurélio Buarque de H. Ferreira, dicionarista

Convém conhecermos palavras como amplexo, conúbio ou nefando, mais para identificá-las de longe e tirar-lhe o chapéu do que para nos comprometermos exibibindo-nos em sua companhia.

Paulo Rónai

A cousa mais curiosa dentre todas as cousas mais curiosas da humanidade é a palavra.

Prof. Silveira Bueno, Apresentação do seu Grande Dicionário Etimológico-Prosódico da Língua Portuguesa

As pessoas só podem pensar aquilo que elas podem falar.

George Orwell, 1984

Nossa linguagem conceptual tende a fixar nossas percepções e, derivativamente, nosso comportamento.

Robert K. Merton

O propósito desta obra é dotar o consulente não só de variado vocabulário ativo, para seu uso na conversação ou na escrita, mas sobretudo de um rio vocabulário passivo que, permitindo-lhe, de modo geral, a compreensão imediata de um texto, poupe à exaustiva consulta dos dicionários da língua.

Aurélio Buarque de H. Ferreira, Enriqueça seu vocabulário

Os limites de minha linguagem denotam os limites do meu mundo.

Ludwig Wittgenstein, Tractus lógico-philosophicus

A realidade (...) é o de uma coletividade numerosa (...) de indivíduos que não dominam a sua expressão escrsita, condição que a modernidade impõe como exigência da própria cidadania.

Antônio Houaiss. Prefácio do Diconário Houaiss da Língua Portuguesa

Querer esgotar as ideias contidas em uma palavra é uma empresa perfeitamente quimérica.

Ferdinand Saussure. Pai da moderna linguística

Nas últimas décadas, com o fabuloso desenvolvimento dos meios de comunicação, a palavra de um tornou-se propriedade de outro. Todos são condôminos do que é dito ou do que é escrito. O sentido das palavras é, por assim dizer, manipulado, reiventado, maquiado ou vulgarizado. E, muitas vezes, sem que as pessoas se deem conta, a palavra já foi reinterpretada, ressignificada, no constante rodízio ou na simultareinidade dos veículos utilizados.

Jornal do Alfabetizador. Porto Alegre. Kuarup. Ano VII, n. 48

Diccionario, no eres

tumba, sepulcro, féretro,

túmulo, mausoleo,

sino preservión,

plantación de rubies, 

perpetuidad vivente

de la essencia,

granero del idioma.

Pablo Neruda. Oda al Diccionario


É sempre preciso buscar o termo mais apropriado, o mais expressivo, o mais impressivo para cada situação ou lugar. Numa palavra: é preciso enriquecer o vocabulário, como nos ensinava antiga seção da revista Seleções, que durante anos foi assinada pelo saudoso Aurélio Buarque de Holanda


     

 Depois, as colunas viraram livro


Além disso, a busca da palavra exata deve ser constante preocupação de quem escreve. Da mesma forma, o pretenso escritor deve almejar a precisão dos conceitos. Em matéria técnica, tributária, penal, processual, em linguagem fiscal e jurídica, enfim, a propriedade vocabular e a precisão conceitual são absolutamente indispensáveis.

Com esta série, esperamos contribuir com o enriquecimento vocabular de nossos leitores e estimular a permanente consulta aos dicionários.


Dicionário Aurélio

Voltar


Quantas palavras você conhece? E quantas utiliza?

Serelepe

Meu/minha caro(a) leitor(a):


Entre nós, Alberto Rangel, Rui Barbosa e Coelho Neto tornaram-se famosos pela opulência do vocabulário. Esse último manejou cerca de vinte mil palavras, e, certamente, no idioma português, só ficou abaixo de Camilo Castelo Branco, que, de todos, foi quem possuiu vocabulário mais copioso. Guimarães Rosa operou com cerca de treze mil palavras, muitas inventadas por ele mesmo.

Milton, em The Paradise Lost, utilizou oito mil palavras; Shakespeare, quinze mil em toda a obra; Husley, trinta mil, nos informa o filólogo Gladstone Chaves de Melo.

Camões escreveu Os Lusíadas com cerca de cinco mil palavras; assim também a Bíblia Hebraica foi magistralmente modelada com cerca de quatro mil palavras.

O dicionarista Silveira Bueno diz que o talento de um escritor, o valor literário de sua obra depende antes da sua forma de redigir ― da sintaxe, do arranjo das frases nos períodos e dos períodos na tessitura do texto ― do que da riqueza ou da pobreza do seu vocabulário. E cita Vieira e Machado de Assis como exemplos, pois esses foram capazes de, manipulando cinco a seis mil palavras de um vocabulário comum, quase pobre em face da exuberância da língua portuguesa, escrever obras fundamentais da literatura portuguesa.


  • Veja no site da ABL - Academia Brasileira de Letras:

Índice do Vocabulário de Machado de Assis


Muitos são os dicionários

― E você, cara(o) leitor(a), quantas palavras conhece? Quantas delas de fato utiliza? Você sabe o que é um vocabulário ativo e um vocabulário passivo?

 ― Pois bem, vocabulário ativo é aquele que você usa para falar e se comunicar por escrito; e  vocabulário passivo é aquele que usa para ler e entender o que as pessoas querem comunicar.

 ― Mas venha cá: Você sabe o que é um dicionário? Pra que serve?

 É claro que sim. Mas aprendamos um pouco mais sobre eles.

― Eles? ―  você pode estar se perguntando. ― Sim, eles, pois que há dicionários sobre quase tudo e para diversos fins e utilidades.

Vejamos por ora os dicionários que tratam da língua portuguesa.


Definição

Conjunto de vocábulos duma língua ou de termos próprios duma ciência ou arte, dispostos, em geral, alfabeticamente, e com o respectivo significado, ou a sua versão em outra língua

― essa é uma definição corrente para dicionário, e foi extraída do Aurélio, que, no Brasil, é também sinônimo de dicionário.

Mas dissemos definição, notaram? Isso mesmo. Os dicionários de definições  são os mais comuns, mas há outros, entre eles alguns bem mais completos, que, além das definições, fornecem também informações sobre

  • sinônimos;
  • antônimos;
  • ortografia;
  • pronúncia;
  • classe gramatical;
  • etimologia;
  • regência.

E há também os dicionários especializados: os que tratam particularmente de sinônimos, de etimologia, de regência.

Dicionários especializados

Para este nosso início de conversa, podemos simplificar dizendo assim:

  • se você tem a palavra, mas não sabe o que significa – consulte um dicionário de definições;​​​​​
  • se você tem a idéia, mas não a palavra para exprimi-la – consulte um dicionário de idéias afins (ou de analogias)
  • se você tem a palavra, sabe o seu significado, mas quer saber de sua origem – consulte um dicionário etimológico;
  • se você tem a palavra, sabe o(s) seu(s) significado(s), mas quer utilizá-la com bastante precisão – utilize um dicionário de sinônimos;
  • se você quer saber se o uso de determinada preposição muda (ou não) o sentido de uma palavra (verbo ou nome: substantivo e adjetivo) – consulte um dicionário de regência (verbal ou nominal, conforme o caso).

Um grande dicionário (Grande Dicionário Sacconi de Língua Portuguesa)

 

Voltar


O dicionário mais moderno e completo da língua portuguesa

Em 2001, foi lançado pela Editora Objetiva, do Rio de Janeiro, o Dicionário Houaiss da língua portuguesa; ele é o nosso dicionário mais moderno e completo. Num único verbete do Houaiss você encontra, pela ordem, todos estes elementos:

1 entrada + 2 ortoépia/pronúncia + 3 língua + 4 classe gramatical + 5 datação + 6 acepções + 7 regências (só verbos) + 8 derivação semântica e acepção restritiva + 9 rubrica temática + 10  regionalismo + 11 nível de uso + 12 estatística de emprego + 13  registro diacrônico + 14 locuções + 15 gramática + 16 etimologia + 17 sinonímia + 18 antinonímia + 19 coletivos + 20 homonímia + 21 paronímia + 22 vozes de animais + 23 onomasiologia.


 Serelepe

― Completo, não é?  Extraordinário, pois se trata de uma obra que demandou o trabalho de 150 pessoas em 15 anos de estudos e preparação. Mas, acredite, caro leitor, o próprio Instituto Antonio Houaiss, responsável pelo dicionário, já lançou, depois desse, dois outros dicionários derivados: o dicionário de verbos (conjugação e uso de preposições), em 2003,  e o dicionário de sinônimos, em 2004. 

Como você pode ver, a coisa parece não ter fim! Por isso, guarde o seguinte sobre os dicionários:

Os dicionários não são a língua.  São, apenas, o registro, o inventário momentâneo da língua. A língua é viva, está em constante mutação, e os dicionários podem, apenas, longe, longe, acompanhá-la.

Assim é que o Houaiss (2001), em 3 mil páginas, com seus 228 mil verbetes e 380 mil definições, não contempla palavras como estas: diglossia, desilhar, desbussolado, encarcar, antiestatizante, autolimpante, mecatrônica, rinsagem, bivolt.


 Serelepe

PS – Eu não devia dizer isto, porque o responsável pelo REDIGIRMelhor é mineiro e pode se aborrecer. Mas vamos lá:

― Vocês sabem como se pronuncia corretamente o nome do dicionário acima? A pronúncia certa de Houaiss deve lembrar vários mineiros se espantando ao mesmo tempo:

Uais!!!!!


(A tirada foi colhida no jornal O Globo,  na coluna do Veríssimo, que a atribui a Joaquim Ferreira dos Santos.)


Veja estas crônicas de Claudio Moreno:

  • Sai Aurélio, entra Houaiss - aqui
  • Cuidado com o novo Houaiss - aqui

Dicionário Houaiss

Voltar


Dicionários eletrônicos

 

DICIONÁRIO (significados, noções gramaticais, acesso a dicionários de línguas estrangeiras):http://michaelis.uol.com.br/moderno/portugues/

DICIONÁRIO ANALÓGICOhttp://www.aulete.com.br/analogico

DICIONÁRIO CRIATIVO (signficados, sinônimos, palavras relacionadas, expressões, citações e imagens): http://dicionariocriativo.com.br/

DICIONÁRIO DE SIGNIFICADOS (significados, conceitos e definições): https://www.significados.com.br/

DICIONÁRIO ETIMOLÓGICO (Etimologia e origem das palavras): https://www.dicionarioetimologico.com.br/ 

DICIONÁRIO DE SINÔNIMOS (Dicionário de sinônimos on-line): https://www.sinonimos.com.br/ 

DICIONÁRIO DE ANTÔNIMOS (Dicionário de antônimos on-line): https://www.antonimos.com.br/

VOLP (Ortografia do português):http://www.academia.org.br/abl/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?sid=23

INFOPEDIA (Dicionários Porto Editora: significados, conjugador verbal, siglas, toponímia, antroponímia, termos médicos, vocabulário ortográfico. Com acesso também a dicionários de línguas estrangeiras): https://www.infopedia.pt

PRIBERAM (definições, dúvidas de português, conjugador verbal): https://www.priberam.pt/

 

Voltar


SÉRIE VOCABULÁRIO DO REDIGIRMelhor

Em sentido corrente, vocabulário é o

Conjunto dos vocábulos de uma língua; léxico.

Para as finalidades deste Módulo A9 Pesquisas vocabulares, adotamos os seguinte sentidos:

Lista de palavras restrita a uma área específica de conhecimento, com os seus significados.

Conjunto dos termos característicos de uma atividade ou campo do conhecimento.

Veja a seguir, as seleções vocabulares elaboradas pelo REDIGIRMelhor.

Voltar


Verbos de citação

Da Série Vocabulário REDIGIRMelhor, Verbos de citação apresenta um rol de verbos comumente utilizados para citações, que vai enriquecer e variar suas escolhas verbais.

Confira aqui

Voltar


Verbos de ação

Da Série Vocabulário REDIGIRMelhor,  Verbos de ação traz uma lista de verbos objetivando facilitar a formulação de objetivos estratégicos, bem como a descrição de ações e projetos do planejamento estratégico das entidades e instituições.

Verbos de ação

Veja aqui

Voltar


Verbos da didático-pedagogia

Da Série Vocabulário REDIGIRMelhor,  Verbos da didático-pedagogia lista diversos verbos utilizados na preparação de materiais didáticos (livros, apostilas, exercícios, planos de aula, etc.).

Verbos da didático-pedagogia

Veja aqui

Voltar


Verbos dos relatórios de inspeção e auditoria

Da Série Vocabulário REDIGIRMelhor,  Verbos da inspeção e da auditoria apresenta uma lista de verbos utilizados na elaboração de relatórios de variada natureza: auditoria contábil, fiscal, bancária, empresarial — e inspeção: procedimentos de qualidade, de segurança, de rotinas.

Verbos do relatório de inspeção e auditoria

Veja aqui

Voltar


Vocabulário de gramática e estilística

Da Série Vocabulário REDIGIRMelhor Vocabulário de gramática e estilística dá definições de termos utilizados na compreensão de estudos e exercícios de redação e língua portuguesa.

Vocabulário de gramática e estilística

Veja aqui

Voltar


 

Vocabulário de Aguinhas

Aguinhas é o nome fictício de Águas Virtuosas de Lambari, nome inventado por meu avô, onde se passam uma série de narrativas sobre a memória familiar e de minha cidade natal.

Uma dessas narrativas é o livro Menino-Serelepe, que foi escrito em primeira pessoa e fazendo uso de um vocabulário que evocava minha infância e o modo de falar dos meus familiares e do "povo de Aguinhas".

Disso resultou um repertório de cerca de 500 palavras a que chamei de Vocabulário de Aguinhas, que foi publicado em apêndice ao livro citado.

Veja aqui

 

Voltar

Publicado por ACGuima
em 06/02/2020 às 17h25
CONHEÇA O SITE - AQUI
ÍNDICE GERAL DO SITE - AQUI
E-BOOK - 1 - COMO ESCREVER UM TEXTO – Passo ... R$ 12,00
E-BOOK - 2 - COMO REDIGIR E REVISAR SEU TEXTO... R$ 10,00
E-BOOK - 3 – COMO ESCREVER SEM ERROS - Roteir... R$ 1,00
E-BOOK - 4 – COMO DAR COESÃO E COERÊNCIA AO T... R$ 10,00
E-BOOK - 5 - COMO REESCREVER E EDITAR SEU TEX... R$ 15,00
E-BOOK - 1 - O DESAFIO DA VÍRGULA - Questões ... R$ 1,00
E-BOOK - 2 – A TEORIA DIDÁTICA DA FRASE - Ora... R$ 12,00
E-BOOK - 3 - OS PROCESSOS SINTÁTICOS DO TEXTO... R$ 12,00
E-BOOK - 4 - AS FUNÇÕES DA VÍRGULA NA FRASE -... R$ 10,00
E-BOOK - 5 – VIRGULAÇÃO – REGRAS PRÁTICAS PAR... R$ 10,00
PR@TIFIX - RESUMOS DIDÁTICOS DE SINTAXE R$ 7,00
R.0.U.V. - REGRAS ORDENADAS DE USO DA VÍRGULA R$ 7,00
GP.Rm - GUIAPr@tico REDIGIRMelhor - REDAÇÃO E... R$ 8,00
Site do Escritor criado por Recanto das Letras